Treinamentos Empresariais
para desenvolvimento de pessoas
CONTATO
21 3509.1280
Categories Menu

Novidades

Como definir um Indicador de Desempenho

Postado por em 10:24 pm em Blog | 0 Comentários

Pela definição da Fundação para o Prêmio Nacional da Qualidade (FPNQ, 2003), um indicador é uma variável numérica a que se atribui uma meta e que é trazida, periodicamente, à atenção dos gestores de uma organização. Os níveis básicos de hierarquia para os indicadores de uma organização são o Estratégico, o Gerencial e o Operacional. Também denominados indicadores de desempenho, compreendem os dados que quantificam os insumos, recursos, processos, produtos, o desempenho dos fornecedores e a satisfação das partes...

Leia Mais

Da cadeia de valor aos subprocessos da empresa

Postado por em 2:19 pm em Blog | 0 Comentários

Cadeia de Valor, segundo Michael Porter, em seu livro Vantagem Competitiva Criando e Sustentando um Desempenho Superior, “é um conjunto de atividades desempenhadas por uma organização desde as relações com os fornecedores e ciclos de produção e de venda até a fase da distribuição final”, ou seja, é o conjunto de processos da empresa que agrega valor aos insumos, transformando-os em produtos ou serviços. Portanto, a Cadeia de Valor é mapa dos macroprocessos principais e de suporte da organização. A partir desse mapa,...

Leia Mais

Controle de desempenho de forma simples e objetiva

Postado por em 1:52 am em Blog | 0 Comentários

Um acadêmico e um consultor conversavam, durante um almoço, sobre a melhor maneira de explicar aos gestores das empresas como controlar o desempenho delas. O consultor argumentava de forma apropriada que o desempenho não é só função da eficiência dos seus empregados e da eficácia dos seus processos, ou seja, dos seus resultados, mas de um conjunto mínimo de fatores que vão além da atividade fim do negócio. Voltando para casa, o acadêmico lembrou-se dos conceitos de Sink, Tuttle e Atkinson sobre controle de desempenho,...

Leia Mais

Como os KIPs podem ajudar a gerenciar uma empresa

Postado por em 3:08 am em Blog | 0 Comentários

De acordo com Sink e Tuttle (1989), a eficácia organizacional só pode ser atingida quando se administra os processos operacionais essenciais da cadeia de valor da empresa, medindo fatores como velocidade, custo, flexibilidade e confiabilidade destes processos. Por definição, indicadores de desempenho são guias que nos permitem medir a eficácia das ações tomadas, bem como medir os desvios entre o programado e o realizado. Um conjunto articulado de indicadores de desempenho recebe o nome de Sistema de Mensuração de Desempenho. Este...

Leia Mais

Explicitando as forças e fraquezas da empresa

Postado por em 6:58 pm em Blog | 0 Comentários

Quando se pensa em estudar o ambiente externo a uma empresa, visando gerar estratégias para prepará-la e adequá-la ao mercado, normalmente recorre-se a modelos estratégicos como a Análise Estrutural da Indústria com as cinco forças de Porter, a análise PEST com seus fatores políticos, econômicos, socioculturais demográficos e tecnológicos, as conexões do Sistema de Valor no qual a empresa está inserida, ou até mesmo ao velho Brainstorm, hoje chamado de modelo OT, sempre visando entender que ameaças e que oportunidades o...

Leia Mais

Planejamento estratégico, tático e operacional: diferenças

Postado por em 8:48 pm em Blog | 0 Comentários

Para um profissional da área de planejamento, uma empresa é uma pirâmide dividida em três níveis de atuação e decisão. No nível estratégico estão o Presidente e seus Diretores, que são os responsáveis por formular as estratégias da empresa, embora se utilizem de um Grupo de Planejamento Estratégico, composto por profissionais de vários níveis hierárquicos da organização incluindo membros da própria diretoria, para realizar esta tarefa. Neste nível a estratégia é estrutural e recebe o nome de Estratégia Corporativa. No...

Leia Mais

A resiliência como um construto psicológico

Postado por em 7:26 pm em Blog | 0 Comentários

Em Psicologia, o estudo do fenômeno da resiliência é relativamente recente. Vem sendo pesquisado há cerca de trinta anos, mas apenas nos últimos cinco anos os encontros internacionais têm trazido este construto para discussão. Sua definição não é clara, tampouco precisa quanto na Física ou na Engenharia, e nem poderia sê-lo, haja vista a complexidade e multiplicidade de fatores e variáveis que devem ser levados em conta no estudo dos fenômenos humanos. Os precursores do termo resiliência na Psicologia são os termos...

Leia Mais

O conceito de resiliência

Postado por em 2:44 am em Blog | 0 Comentários

Resiliência é frequentemente referida por processos que explicam a “superação” de crises e adversidades em indivíduos, grupos e organizações (Yunes & Szymanski, 2001, Yunes, 2001, Tavares, 2001). Por tratar-se de um conceito relativamente novo no campo da Psicologia, a resiliência vem sendo bastante discutida do ponto de vista teórico e metodológico pela comunidade científica. Alguns estudiosos reconhecem a resiliência como um fenômeno comum e presente no desenvolvimento de qualquer ser humano (Masten, 2001), e outros...

Leia Mais

Contrato de aprendizagem

Postado por em 11:23 pm em Blog | 0 Comentários

Contrato de aprendizagem é o contrato de trabalho especial, ajustado por escrito e por prazo determinado, em que o empregador se compromete a assegurar ao maior de quatorze e menor de vinte e quatro anos, inscrito em programa de aprendizagem, formação técnico-profissional metódica, compatível com o seu desenvolvimento físico, moral e psicológico, e o aprendiz, a executar com zelo e diligência, as tarefas necessárias a essa formação. A idade máxima permitida para aprendizagem passa a ser 24 anos. Anteriormente eram 18 anos. No...

Leia Mais

Como o brasileiro conta o tempo

Postado por em 8:04 pm em Blog | 0 Comentários

Muitos executivos de outros países têm vindo trabalhar em empresas brasileiras. E a maioria deles se depara com uma grande dificuldade, que é entender a maneira como nós contamos o tempo no Brasil. Uma pergunta simples é: “Quanto tempo vai demorar para o trabalho ficar pronto?”. Uma resposta como “12 minutos” nem passaria pela cabeça de um brasileiro. Porque nós somos muito mais criativos do que isso. Portanto, a resposta mais usual é: “depende”. E no Brasil, depende é uma medida quântica,...

Leia Mais
?php //the_content(); ?